A verdade é que ninguém está completamente feliz, e por que estariam? Alguns até podem pôr uma venda nos seus olhos e esquecer todos os problemas que nos circulam, mas por quanto tempo o nó dessa venda irá suportar até desfazer e cair? E o quanto isso irá nos afetar?
Todos temos essa visão idiota de mundo, onde o ego nos guia. Nosso maldito ego inflado. Nós não somos o centro do universo, acabamos sendo nada, fazemos parte de um esquema, somos apenas uma peça de tabuleiro onde somos usados. Essa é a parte rasa da nossa tragédia.
Não percebemos que para nos sentirmos felizes, temos que nós sentir tristes. Se não como saberíamos o que é felicidade. Não existem regras, apenas filosofias de vida que desmoronam diante dos nossos olhos, o que é muito duro de aceitar, por isso nossa mente bloqueia esse fato. Esse é apenas outra filosofia, por isso não a leve a sério.  A vida, ah, a vida. Não precisamos dá sentido para o que não precisa ter sentido. A questão é; o quão poético você pretende ser.
 

Um texto sobre problogger

Atenção: Texto cheio de erro ortográfico, concordância, e etc. Não vou perder tempo corrigindo.
   Eae povo feio desse Brasil. Pois então, hoje eu vou expor minha opinião sobre probloggers. Tem muito cara legal nesse ramo, e muito cara que se faz de pau no cu (não citarei nomes). Se os caras se fazem de pau no cu, ou se realmente eles são, eu não sei.
   Enfim, pra um blog crescer obviamente ele tem que ter acessos, e acessos vêem das pessoas, muitas dessas pessoas se tornam fãs, e outros apenas visitantes. O fato é que muito problogger trata mal (de forma indireta ou direta) as pessoas que tentam entrar em contato com eles, forças amizade, ou apenas querer conhecer. 
   Uma justificativa para isso acontecer é que as pessoas acabam virando um personagem por trás da tela do pc, mas será que isso justifica ignorar as pessoas que te apoiam em todas ocasiões, mesmo você pouco se fodendo pra elas? Lembrem-se, seus fãs constroem o seu castelo, e o minimo que você pode fazer é tratar bem, tentar responder todo mundo e etc.
   As pessoas tentam forçar amizade, e isso acaba sendo chato pra caralho. Eu por exemplo, sou um cara chato na internet, mas muito legal pessoalmente (palavras de quem me conheceu na internet e depois me conheceu pessoalmente) o fato é que tem muita gente chata querendo entrar em contato ao mesmo tempo com uma mesma pessoa, e as vezes é difícil responder todo mundo.
   Um mal que ocorre é que muita gente tenta buscar amizade por interesse, e os probloggers tendem a generalizar isso (Provavelmente falei merda agora, mas deixa). Eu só acho que os "fãs" tem que se por no lugar do seu "ídolo" e o "ídolo" se por no lugar do seu "fã". 

Estamos voltando

Volta, vai ter....mulher pelada, comédia, e outras paradas aí.
Oi, tudo bem? Bem mesmo? Okay então. Vamos ler a história entediante do blog: O espreitada começou blá, blá, blá, blá, blá, e já tá há mais de um ano por aqui e blá, blá, blá, blá, blá, blá, e eu encerrei o blog por que não tava dando conta, mas agora eu vou voltar com ele, e isso graças ao blá, blá, blá, blá, força de vontade, blá, blá, blá, blá. E é isso.
O negócio é o seguinte: Nós voltaremos para alegria de geral, ou só pra minha mesmo. Nunca se sabe. E eu vou continuar postando as merdas que as vozes dentro da minha cabeça me mandam fazer.
Quem quiser acompanhar o dia a dia desse blog, é só acessá-lo (Não me diga). E eu estou ansioso para começar a postar novamente, mas pra isso eu tenho que esperar o novo layout ficar pronto. E ele vai ser mais ou menos assim:
Lindo, né?! E vai ser mais lindo que esse. Acreditem.

E como eu tô na abstinência de postar, então aí vai um post (Só pra deixar um gostinho de quero mais) 
Verdade, ou verdade?


Search

Carregando...

Apenas clique

Parceiros do amô

Agregadores